Mágoa do Tempo

Por André Lima Toda minha raiva rebarbativa, jamais encontrará descanso para sua partida, eu nunca sentirei alívio, você nunca ficará feliz… Eu imagino… Porém, se racionalizar fosse o bastante, eu me regozijaria em gritar ao mundo: dói mais te ter do que deixar-te ir; que você me ama, mas não podemos nos ter. Faz tempo…

Por 28 de novembro de 2018 2

Reflexões sobre a Morte

Por Janine Alves Primeiro Bardo Oh, amigo O tempo caminha em direção a ti para te levar a novos planos de realidade. O teu ego e teu nome estão em jogo de acabar. Estás pondo-te em frente da Luz Clara. Tu estás experimentando esta realidade. No estado de liberdade do ego onde todas as coisas…

Por 24 de novembro de 2018 1

Convite à vida num dia de finados

Por Lívia Félix   Eu gritava E ninguém escutava O som da minha voz Eu gritava E o som da minha voz Não saía da minha garganta Eu era pequenina As pessoas passavam por mim Mas não me viam… Eu olhava pra cima Mas tudo o que avistava eram pernas Eu estava dentro de um…

Por 16 de novembro de 2018 1

Morte, aceitas o nada como esposo?

Por João Marcos O túmulo me procurou oniricamente, Tive minha experiência de morte em vida Deparei-me com o nada e, assusta! Finitude, somos… Despertado, ainda sentia o nada em minhas entranhas E uma dor diferente: Dor de um mistério esmagador, Uma dor sem dor… Talvez a consciência e suas peripécias Em seu deleite sombrio.

Por 16 de novembro de 2018 8

Gemini Feed

Por Muriel Marinho   Eu havia jurado inúmeras vezes que não iria mais te escrever! Se passou muito tempo desde a última vez, eu sei. Assim como sei que eu escrevi muitas vezes, mesmo prometendo que não iria, mas parece que todos os meus caminhos retornam para você. É uma relação tão antiga a nossa;…

Por 15 de novembro de 2018 2

O Precito

Por Heitor Blesa     No céu brilha a aurora E permaneço na escuridão, Não da luz que ora vigora, Mas d’uma tênebra² divagação: “Por que há homens escolhidos enquanto outros são preteridos?” Angustia-me assim pensar Pois torna o decidir Um delírio do agir No ínvio³ enveredar. Escarafunchei alfarrábios⁴ buscando um esclarecimento. Crendo nos registros…

Por 9 de novembro de 2018 1

Para minha bela amiga morte

Por Italo Matheus   Agora que encontrei a luz dentro de mim, decidi o caminho que devo seguir. Enfim entendi a grandeza interior humana, e que vivemos os nossos dias correndo contra o nosso caminho, o qual deve ser trilhado. Irei morrer, sim, um dia, mas não me encontrarás caído, olharei em teus olhos e…

Por 9 de novembro de 2018 1

Incertezas

Por João Marcos   É incerto o amanhã, tal como o hoje Ambos desesperadores nos dias de angústia e, mais ainda, nos dias em que você não sustenta sua própria solidão   Pois nunca alcançaremos a verdade nua, não a suportaríamos Me pergunto se dói viver na mentira ou em pseudo-verdades A consciência se compraz…

Por 5 de novembro de 2018 7

Homem Comum

Por Abraão Lincoln   Intitulado como “Homem Comum”, o romance de autoria do escritor norte-americano Philip Roth, teve sua primeira publicação em abril de 2006. O autor tem como característica de suas obras uma escrita intimista, o que se apresenta como marca muito importante pois acaba guiando o leitor numa espécie de imersão, onde fica…

Por 4 de novembro de 2018 2